6 de dez de 2009

Hexaaaaaaaaaaaaa!!!




Em tarde de Maracanã lotado, com quase 85 mil presentes, Adriano e Petkovic não brilharam. Nem a torcida. A aflição e a carência do título foram preponderantes para o estádio ficar calado, com os nervos à flor da pele, durante a maior parte do tempo. Euforia só nos gols de David e Ronaldo Angelim, que garantiram a conquista marcada pela reação de uma equipe que pulou da 14ª posição para a primeira. E o técnico Andrade, que assumiu como interino após a queda de Cuca na 14ª rodada antes de ser efetivado como comandante, foi o grande maestro deste feito. O Fla fechou o torneio com 67 pontos, dois a mais do que o vice Inter.


****

Pensei em muita coisa pra dizer mas ainda tô comemorando... Vo deixar a palavra contigo Rick, fala ai:







4 comentários

Gabriel D'Agosta disse...

Relato ao caro dono do blog que não entende de futebol:

O título de 1987 que a mídia (GLOBO) diz ser do Flamengo, não pertence ao mesmo. Em 1987, na Copa União, o Flamengo ganhou do Internacional, na final do módulo VERDE.
Se você pesquisasse um pouco, saberia que a Copa União era disputada da seguinte forma:
O Campeão do módulo Verde (Flamengo), iria enfrentar o campeão do módulo Amarelo (Sport).
A Final iria ser decidida da seguinte forma:

O campeão do módulo verde contra o campeão do módulo amarelo.

quando o Flamengo venceu o módulo verde, a (manipuladora) Rede Globo de Televisão, anunciou o mesmo como Campeão Brasileiro de 1987, sem nem jogar a final contra o Sport Clube de Recife, que ganhou de W.O.

Então, caro blogueiro precipitado, o Flamengo, sem o título de 1987, em 2009 se tornou PENTA CAMPEÃO, e não HEXA CAMPEÃO, o qual é exclusivamente do São Paulo Futebol Clube. Pense, pesquise, descubra, antes de tornar público um pensamento que não é coerente.

Obrigado, e espero que você aceite este comentário, e fique à vontade para responder.

Se quiser, pode procurar o Hexa-Campeonato do Flamengo no link oficial da CBF: http://www.cbf.com.br/seriea/

Saci Pirata disse...

@Gabriel: Não concordo... A CBF não iria organizar um campeonato nacional no ano de 1987 por questões internas que não cabe mencionar, e o Clube dos 13 resolveu organizar a Copa União. Após o início do campeonato, a CBF vendo que o campeonato estava fluindo muito bem, resolveu meter o bedelho onde não era chamada e inventou essa regra do cruzamento final. O flamengo não jogou porquê não quis, não jogou porquê o Clube dos 13, organizador do campeonato, assim decidiu.
É a mesma coisa que a FIFA fez criando o seu mundial interclubes... Ela (a FIFA) só reconhece os campeões mundiais dos campeonatos que ela organizou, mas isso não quer dizer que em 1981 o flamengo não foi campeão, ou que em 92 e 93 (ou 91 e 92, não me lembro bem) o São Paulo não foi campeão. O reconhecimento que importa não é o da organização gestora do futebol, e sim dos torcedores que fizeram parte da conquista do seu time, apoiando nos jogos e acompanhando o time nas finais.

Obrigado pelo comentário, pessoas que defendem seus pontos de vista são muito bem vindas no Saci!

Gabriel D'Agosta disse...

O Clube dos Treze, então iria dar o título de campeão para os dois clubes ? Como ? Dividindo-o em dois ?
já que existiram módulos diferentes, o campeão de cada módulo iria ganhar um Campeonato Brasileiro na conta ?
Não.

Logo após o Flamengo ganhar do Internacional, se recusou a jogar contra o Sport (que jogou com o Guarani) por ser de uma divisão inferior.
Isso originou uma grande discussão entre ambas equipes, e então para deixar o Flamengo (que perdeu de W.O) com um título também, mudaram o nome de Módulo Verde para Copa União, e o Módulo Amarelo para Copa Brasil, e então transformaram as duas em diferentes competições, para que o time considerado 'maior', conseguisse colocar as duas mãos no Brasileiro de 1987, que foi dado ao Flamengo pelo Clube dos 13, que foi formado por clubes taxados como grandes pela mídia. E a CBF (a qual não participou do campeonato pela falta de capacidade do presidente de aquela época, Octávio Guimarães) como entidade máxima do futebol brasileiro, para não gerar as discussões que existem hoje sobre o título que vale por dois, resolveu organizar o campeonato (que foi rachado ao meio, e dividiu-se em dois campeonatos totalmente distintos), e fez um jogo final, entre os campeões do módulo verde e amarelo [primeiro e segundo lugar seriam decididos] e Internacional e Guarani [terceiro lugar], mas o Flamengo com toda sua moral (e apoio) na mídia nacional, respondeu um NÃO à CBF, e não disputou a partida que decidiria o Campeonato Brasileiro de 1987. O Flamengo só não foi campeão naquela época por causa do seu ego, que pensava que iria ganhar fácil do clube Sport por ser considerado (pela mídia) como um time fraco.

Saci Pirata disse...

Cara, os nomes dos campeonatos não fazem diferença... O ponto que eu quero chegar é que o campeonato disputado pelo flamengo e vencido pelo mesmo, contava com a elite do futebol nacional (É claro que sempre há uma excessão, mas todos os campeonatos nacionais da época tinham algumas peculiaridades), e o jogado e vencido pelo Sport contava com times de 2º escalão, times médios (não todos mas a maioria esmagadora), o que não é menosprezo nem nada do tipo, pois não dá pra todos os clubes do país serem grandes... Resumindo, séries A e B.

É claro que eu não tenho a pretensão de te fazer mudar o seu modo de pensar, afinal ele já está consolidado. Esta é uma discussão interminável, e ambas as vertentes tem argumentos que podem ser considerados plausíveis... De qualquer forma, fazia tempo que eu não conversava com um leitor, e quero dizer que foi um prazer. Seja bem-vindo para acompanhar o Saci e dar umas risadas de vez em quando ;)

Abraço!

Postar um comentário


Poucas regras:

-Não poste link do seu blog. Utilize a opção Open-ID se quiser linkar para seu site/blog, ou ainda Nome/URL;

-Se quiser me chingar, não o faça em Anônimo;

-Não peça parceria por comentários!!!
Leia nossas Políticas de Parceria.

É só isso! Comente e Divirta-se com o blog!
BJusmeliga!